Please reload

Posts Recentes

I'm busy working on my blog posts. Watch this space!

Please reload

Posts Em Destaque

O BEBÊ NÃO QUER COMER! E AGORA?

March 21, 2019

 


Antes de mais nada, converse com o pediatra. Se já fez isso, e ainda está tendo dificuldades, então essas informações e dicas podem te ajudar:

 

O QUE ACONTECE NA INFÂNCIA FICA NA INFÂNCIA? Não, e por isso a introdução alimentar é importantíssima. O momento de comer deve ser tranquilo e agradável, pois as memórias afetivas estão sendo construídas, e mesmo que não se lembre mais tarde, ficarão registradas no cérebro do bebê.

 

A ANSIEDADE DA MÃE INTERFERE? Sim. Eu sei que poucas coisas angustiam tanto uma mãe quanto a falta de apetite do bebê. Mas tenha paciência, pra não passar essa tensão pro bebê. Com o tempo, tudo se ajeita.

 

A PRIMEIRA IMPRESSÃO É A QUE FICA? No caso do bebê, não. Ele muda constantemente e está aprendendo a desenvolver seu paladar. Se ele não aceitou bem um alimento hoje, ofereça de novo em alguns dias, ele pode mudar de ideia.

 

NÃO FORCE! QUALIDADE É MELHOR QUE QUANTIDADE. O estômago do bebê é muito pequeno. Se ele sinalizar que não quer mais comer, respeite. Dê um tempo para ele e ofereça o alimento depois.

 

CAPRICHE NA VARIEDADE! Eu sei, alimentar um bebê dá trabalho, mas é preciso dedicação. Tenha em mãos frutas variadas, mude o sabor da sopinha. Se ele não gosta de uma coisa, não desista e ofereça outra opção saudável.

 

NÃO DESISTA, USE A CRIATIVIDADE! Quem alimenta o bebê deve estar com tempo e paciência. Faça brincadeiras, aviõezinhos, bata palmas quando ele comer.

 

E SE O BEBÊ FICAR COM VONTADE DO QUE NÃO PODE? Evite comer coisas que não possa dar pra ele em sua frente, e tenha sempre em mãos uma opção saudável para distraí-lo.

 

ELE NÃO COME A PAPINHA, POSSO DAR OUTRAS COISAS, ENTÃO? Se o bebê já não está aceitando os alimentos saudáveis, depois que conhecer os doces é que a chance reduz drasticamente. Adie a apresentação do açúcar e dos industrializados o máximo que puder.

 

ELE NÃO GOSTA DE COMER, POSSO DAR TUDO BATIDO? Mesmo sem dentes, bebês precisam mastigar (sim, eles mastigam com a gengiva). Faz parte do desenvolvimento.

 

TENHO MEDO QUE ELE ENGASGUE. Esse é um medo de muitas mães, mas não deixe de dar alimentos sólidos a partir dos 6 meses por conta desse medo. Se oriente com o pediatra sobre como proceder em casos de engasgos.

 

DÊ EXEMPLO! Crianças aprendem principalmente por imitação. Lembre que a criança vai se interessar pelo que a família come, e se sua alimentação não é boa, pode ser que esteja na hora de repensar suas próprias atitudes.

 

ELE NÃO ALMOÇOU, POSSO SUBSTITUIR O ALMOÇO POR ALGO SAUDÁVEL QUE ELE GOSTE? Sim, mas aguarde uma horinha, pra não criar associações. Se ele perceber que toda vez que não almoça ele ganha sua fruta favorita, vai querer pular todos os dias do almoço direto pro que ele gosta.

 

ELE SÓ QUER MAMAR. Ótimo que o bebê mame bem, especialmente se for leite materno. Mas evite dar o tetê assim que ele recusar os alimentos, pra que ele não faça associações erradas. “Se eu não comer, vou ganhar tetê”.

 

“DISFARCE” OS ALIMENTOS. Pode ser que um mesmo alimento seja aceito de uma forma, e não de outra. O mesmo bebê que não gosta de beterraba, pode gostar dela no caldo de feijão, por exemplo.

 

CONFIE NOS SEUS INSTINTOS. Precisamos estar atentos às particularidades de cada criança. Um exemplo pessoal: meu filho não queria nem sentar no cadeirão. Percebi que o problema dele não era a comida; ele odeia qualquer tipo de cinto ou situação que o mantenha preso. No colo ou de pé, ele come que é uma beleza!

 

E VOCÊ, QUE DÚVIDAS OU DICAS TÊM SOBRE ALIMENTAÇÃO? CONTA PRA GENTE!

 

#maternidadereal #maternidade #bebê #alimentaçãosaudáve l#introduçãoalimentar #bebêquenãocome

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Siga